A Melhor e mais Moderna Clínica Odontológica de Venda Nova. 

Local:

Rua Padre Pedro Pinto, 445, Salas 301 a 307.Venda Nova - BH.

O que é a Mordida Cruzada.

Por: Dr. Lucas Marques

Talvez a alteração oclusal mais prejudicial para o paciente seja a famosa mordida cruzada.

Afinal, o que é a mordida cruzada?

A mordida cruzada é a alteração oclusal que acontece quando os dentes principalmente posteriores ocluem (mordem) por dentro dos dentes inferiores.

Esta má oclusão é muito frequente e acontece desde a infância.

São muitos os fatores que podem causar a mordida cruzada. Entre eles, hábito de chupar o dedo ou chupeta, problemas respiratórios, nascimento errado dos dentes e respiração bucal.

A grande preocupação com esta anomalia por parte dos ortodontistas é que pode acontecer em uma idade muito precoce na criança e prejudicar todo o crescimento facial estimulando o crescimento assimétrico.

Uma vez que a maior parte do crescimento facial acontece até os 6 ou7 anos da criança, um estímulo errado nesta idade pode trazer consequências irreversíveis. Assim, ao ser diagnosticado uma mordida cruzada, esta deve ser tratada o mais rápido possível.

Sempre se pergunta quando deve ser iniciado um tratamento ortodôntico. A resposta é bem certeira. O tratamento ortodôntico deve ser o mais precoce possível quando diagnosticada uma mordida cruzada. Algumas vezes até aos 4 anos de idade para evitar assimetrias faciais.

Quais as consequências da mordida cruzada em crianças?

O maior problema da mordida cruzada é a alteração esquelética que ela causa. Deficiência de crescimento da maxila, aumento do crescimento da mandíbula, falta de espaço para os dentes superiores permanentes e a já falada assimetria facial.

Como a criança não consegue morder da maneira correta, ela estimula o crescimento do osso da mandíbula de maneira errada e que causa uma assimetria facial como um lado crescendo mais que o outro. E uma vez que o crescimento acontece de maneira errada não se pode reverter.

Tratamento

O tratamento da mordida cruzada se dá de maneira bem tranquila se abordado precocemente. Geralmente é utilizado um aparelho chamado disjuntor palatino para o tratamento que pode variar de 6 a 12 meses. Até os 12 anos a correção da mordida se dá de maneira tranquila. Porém, muitas vezes a assimetria facial causada pela mordida cruzada pode ser irreversível mesmo corrigindo a posição dos dentes.

No paciente adulto esta correção já fica limitada e pode ser necessário uma abordagem cirúrgica para descruzar a mordida.

O tratamento ortodôntico do paciente em fase de crescimento é chamado de interceptativo pois tem o objetivo de interceptar uma maloclusão que está se formando. É talvez um dos mais bonitos tratamentos oferecidos pela odontologia pela capacidade de tratar e prevenir alterações graves através de um estímulo de crescimento. Pacientes tratados nesta fase conseguem melhores resultados funcionais e estéticos.

Dr. Lucas Marques

Especialista em Ortodontia.

Especialista em Disfunção Temporomandibular